domingo, 11 de março de 2012

O PRAZER DE ENVELHECER E MORRER



"A cada dia, manchas senis vão decorando o dorso de minha mão, como estrelas que vão surgindo no início da noite. O sorriso vai sendo emoldurado por bem desenhadas rugas, alegres e expressivas. Um vinco insiste em descer a cada lado do nariz em direção aos lábios. A pele vai lentamente se descolando dos músculos, como se divorciasse de sua elasticidade. O sono piora e mais pareço um vaqueiro, que às 4h da manhã já não cabe na cama.

E dia a dia, mês a mês, vou devolvendo à natureza, aquilo que não é meu: células, proteínas, carbonos, nitrogênios, enfim a matéria! Lenta e continuamente me despeço da juventude, do vigor, das ilusões e sonhos impossíveis. Não há mais lugar para arroubos, impulsividades, revoltas juvenis. Pouco a pouco, sou dominado pela moderação, pela compreensão profunda do que vai na minha mente, coração e alma. Observo o mundo que me cerca, munido de curiosidade, sabedoria. Pouca coisa me surpreende, quase nada me incomoda, uma serenidade me acalma mesmo diante dos absurdos que abalam o mundo.

Procuro entender a tecnologia como instrumento e facilitação do cotidiano, mas sem dependência ou deslumbramento. Continuo anotando em papéis e arquivando, algo que não pega "vírus" nem é alvo de "hackers". Continuo sonhando, construindo sonhos e já consigo morar dentro de alguns deles. Ainda batalho, luto, mas me permito o descanso.

A energia da fé e a energia mental continuam firmemente aumentando, na mesma proporção que minha vitalidade e físico vão decrescendo em direção ao fim. Continuarei todos os dias buscando evoluir ate o dia que deixar a vida: um acidente fatal, um infarto fulminante, um câncer devastador - nada me aterroriza. Espero a morte, assim como um passageiro aguarda um trem ou um avião. Um dia chegamos, num outro, partimos.

"Morrer é tão natural quanto nascer"...
"Nu viestes a esta vida, tão nu quanto viestes sairás dela, e pelo teu trabalho nada que fizestes levarás em tuas mãos. Isto é vaidade e vento que sopra"... Como nos ensina Eclesiastes. A vida é meramente um estágio, onde presos em quatro dimensões, a consciência mora num corpo material fadado a ser extinto, após inúteis vaidades, raivas, ódios, ciúmes, ressentimentos, invejas, apegos, medos, angústias e, em menor proporção, a alegria, o amor, o carinho, a fé, a confiança, a lealdade e a humildade.

Morrerei, espero, serenamente! Afinal, nada nem ninguém me prende à vida material.
Amo, sou amado, sei que poucos têm antipatia, raiva, ódio de mim, mas a recíproca não é verdadeira: o perdão mora em meu coração!

Peço perdão aos que possa ter ofendido. Não sou candidato a nada, nunca fui, nunca serei. Apenas busco com minhas palestras, livros, no exercício da medicina, ser um instrumento da inteligência divina e superior. Busco CRER e SABER! Alio minha FÉ, ao estudo científico.
Creio que há eternidade e reencontro de almas (ou "consciências não-materiais", se quiserem), daqueles que se amaram na vida terrena. E sei que há "inferno" para os que se viciaram, corromperam, traficaram, assassinaram, se apegaram a uma ilusão absoluta que é a vida terrestre e material.

No mais, que cada um busque um sentido de viver, envelhecer, morrer, ser eterno!!!"

              
                Eduardo Andrade Aquino (*)
          

Meus queridos amigos e irmãos, eu penso que depois de um texto como este acima transcrito, nada mais nos resta senão ler e meditar a respeito da importância de saber viver, buscando sempre o progresso e a evolução espiritual, saber envelhecer com dignidade e saber que a morte não é o fim, mas apenas um recomeço de uma nova vida, já que somos eternos.

Que assim seja!




(*) Eduardo Andrade Aquino é médico, psiquiatra, neurocientista, palestrista e colunista do Jornal Super Notícia, de Belo Horizonte (MG).




60 comentários:

  1. Uma linda e profunda mensagem, uma lição de vida.Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querido Arnoldo,
      Obrigada pela visita e pelo elogio à postagem.
      Um grande beijo, amigo.

      Excluir
  2. Assim penso. Tenho uma grande amizade pela morte, ela não me assusta.
    Desde criança, convivo com ela, pacificamente.
    Muito bom, partilhar textos com esse teor, amiga Maria Paraguassu!
    Oferece excelente reflexão, para o bem viver de hoje, e a esperança, no amanhã...

    Um bom domingo, produtiva semana, e forte abraço..(Que música!!!!)
    Lúcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida amiga Lúcia,
      Adorei seu comentário, amiga. Obrigada pela visita tão gentil.
      Um afetuoso beijo.

      Excluir
  3. Querida amiga!
    Esse texto é uma dádiva!
    Quanta sabedoria! Quanta verdade partilhada!
    Estou aqui emocionada e fazendo um retrospecto
    da vida essa preciosidade que DEUS nos concede.
    Obrigada meu domingo será melhor...
    Abraços! Tudo de bom pra ti.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá querida amiga,
      Agradeço sua linda e amável visita e seu comentário.
      Uma ótima semana para você.
      Carinhoso beijo.

      Excluir
  4. Oi querida, adorei o post!
    A viva é para ser vivida intensamente!
    Tenha um lindo começo de semana, bjus...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá querida Arione,
      Obrigada por sua amável presença aqui no blog.
      Desejo uma semana com muita paz e luz para você.
      Um afetuoso beijo.

      Excluir
  5. Me emocionei com a leveza deste texto.

    Lindo.
    Uma leitura ímpar sobre a lei natural da vida,


    Obrigada por essa maravilha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Alê,
      Agradeço sua visita e comentário.
      Uma boa semana.
      Beijos.

      Excluir
  6. Lindo, lindíssimo texto que nos mostra de forma serena a realidade da vida e da morte, pois dela ninguém escapa, mas podemos sim viver bem se assim o desejarmos pela simples capacidade de aceitar com essa linda serenidade! (Minha mãe se foi assim, tão serena e calma, parecia dormir e ela sempre me falava palavras assim, como a do Dr. Eduardo), a gente cria na mente essa serenidade, portanto fazendo a vida e a morte serem exatamente como a desejamos!!!
    Abraços
    Ivone

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida amiga Ivone,
      Agradeço sua visita e seu comentário tão amável e verdadeiro.
      Tanto a vida quanto a morte devem ser pensadas e vividas
      serenamente.
      Um grande beijo, amiga.

      Excluir
  7. Aiii que delicia de ternura se sente por aqui.


    Obrigada!

    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Margoh querida,
      Agradeço muito o elogio ao blog e sua visita.
      Obrigada, mesmo.
      Grande beijo.

      Excluir
  8. Querida, que preciosidade!
    Fico aqui maravilhada com esse texto, tão rico em sabedoria ehumildade.
    O que posso dizer diante disto? Que o meu respeito e carinho ao avanço dos anos em algu é ESPECIAL.

    Beijos amada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Fernanda,
      Grata pela visita e pelo comentário tão lindo.
      Um beijo carinhoso.

      Excluir
  9. Simplesmente maravilhoso! Amei! Vou ler para oásis bem. Perfeito. Obrigada pela partilha! Amo vc, viu!
    Beijos da Genaura Tormin

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Genaura, minha querida,
      Obrigada pelo elogio à postagem e por sua tão linda e amável visita.
      Um grande beijo em seu coração, amiga.

      Excluir
  10. Pois é Maria o texto é realmente completo de reflexões que não deixam duvidas sobre esta necessidade de aprender e acatar os processos da vida.Saber envelhecer-se é tudo e assim teremos mais pessoas felizes e experientes.Um abração carinhoso amiga.Bjo no coração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Toninho querido,
      Agradeço sua visita e seu comentário, muito pertinente, por sinal.
      Obrigada, mesmo.
      Um grande beijo em seu coração.

      Excluir
  11. Linda mensagem amiga! Tenha uma feliz semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Nyce,
      Obrigada por sua visita e pelo comentário.
      Tenha, também, uma semana ótima.
      Beijos.

      Excluir
  12. bom dia amiga que lindo iniciar a semana parabens por esta linda post que nem presisa
    complemento pois por si ja diz o suficiente obrigada por esta mensagem linda para nossa reflexão semanal virer com sabedoria nos auxilia grandemente,na chegada da caminhada final
    de encontro a novos caminhos por nós tão aguardados bjs amiga muita luz marlene

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá querida Marlene,
      Obrigada amiga, por sua visita e seu lindo comentário.
      Desejo a você uma ótima semana.
      Um beijão em seu coração.

      Excluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. paraguassu
    Eu acho o envelhecer bem um dom.
    Minha mae esta envelhecendo e eu estou sem defesa.
    Mamae e uma senhora adiante nno seu tempo. tem uma memoria prodigiosa para datas, agora
    nem tanto
    com amizade e carinho de monica

    ResponderExcluir
  15. Depois de tantas verdades lidas e de tanta lucidez vista, acho que o que eu disser estraga a beleza da mensagem.
    Um beijo, amiga. Valeu esta postagem para sabermos valorizar a vida e aceitar a morte como algo natural, pois sempre relutamos...
    Tais luso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Taís,
      Obrigada pela visita. Lindo seu comentário, amiga.
      Um grande beijo.

      Excluir
  16. Envelhecer bem é um dom.
    só há beleza e sabedoria nisso.
    beijos querida ****

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Vanessa,
      Agradeço sua visita e seu comentário, amiga.
      Grande beijo.

      Excluir
  17. Minha avó foi uma mulher maravilhosa, que envelheceu com sabedoria e generosidade, e nos presenteou com seu doce sorriso até 96 anos, e foi amada até os últimos instantes.

    Mais por aqui a maioria não tem costume de dar valor aos mais idosos, o que para mim é uma pena e uma falta de inteligência, pois eles, os idosos, tem muito a compartilhar e doar todos os dias.

    Amiga lindo texto que me deu o prazer de compartilhar um pedacinho de mim.
    Beijos de paz.
    Lua.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Lua,
      Que lindo comentário você deixou aqui.
      Emocionei-me, lendo o que você escreveu.
      Um grande e afetuoso beijo, amiga.

      Excluir
  18. Amiga! Muito obrigada pelo carinho! Fiquei muito feliz com tua presença! Parabéns pela escolha do post! Lindo! À medida que lia, ia me emocionando....Pois as palavras mexem com o coração, com o sentimento! Visitar teu blog traz uma sensação de leveza.... Ótima 4ªF! Grande e carinhoso abraço!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Elaine querida,
      Eu é que agradeço por sua linda visita e seu amável comentário.
      Obrigada, mesmo.
      Um carinhoso beijo.

      Excluir
  19. Boa tarde!
    É a primeira vez que passo por aqui e fiquei deslumbrado com o que está acima descrito. Tão fantástico e rico de nobreza mental!
    Envelhecer é importante, é acolher todas as histórias com o corpo que a memória se torna mais pequena (por assim dizer). Mas esta atitude madura de a enfrentar.. de a viver é magnífica!
    Um grande obrigado pela partilha!
    Um abraço e voltarei mais vezes!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Paulo,Que grande prazer recebê-lo aqui em meu blog.
      Seja bem-vindo, amigo.
      Adorei seu comentário tão gentil e amável.
      Um grande beijo, querido.

      Excluir
  20. Eu já estava com saudade de vê-la visitando o meu cantinho.
    Foi no silêncio que encontrei a força para superar meus problemas que não foram poucos. Uns ainda persistem. Não peço para diminuir a minha carga, mas que eu tenho força para carregá-la.
    Esse estilo de música do seu blog sempre foram a minha porta para encontrar o meu silêncio interior.
    Olha um grande abraço a você minha amiga.
    Publiquei uma reportagem de como um JOVEM senhor de meu estado decidiu envelhecer.
    Dá uma olhadinha.
    Paz em seu coração.
    Só tem uma coisa que nós discordamos: um abraço COLORADO a você.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Prof. Cantu,
      Fico feliz com sua visita e seu amável comentário.
      Desejo muita paz a você, também.
      Grande beijo, amigo.

      Excluir
  21. Um texto que demonstra, bem como se deve ver o passar dos anos.Com serenidade esperando a mudança para uma outra casa...
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querido amigo Élys,
      Agradeço sua gentil visita e seu amável comentário.
      Um beijo.

      Excluir
  22. Parabéns pela linda postagem.
    Uma postagem que se deve meditar!!!

    ABRAÇO CARINHOSO E FRATERNAL ...

    GIOVANA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá querida Giovana,
      Obrigada, amiga, pela visita e pelo comentário.
      Paz e luz em seu coração.

      Excluir
  23. Querida Paraguassu

    A cada mancha senil, mais uma experiência vivida e tudo vai se acertando, pincelando de moderação e serenidade. E os momentos vão ficando mais doces porque sabemos que serão eternos.
    Mais uma linda reflexão.
    Obrigada, por você existir.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Elisa, querida amiga,
      Grata pela visita e pelo comentário tão amável.
      Paz e luz em seu coração.
      Beijos.

      Excluir
  24. Olá adorei visitar este cantinho onde se respira tranquilidade...Gostei muito desta maneira maravilhosa de descrever e aceitar o envelhecimento inevitável.Fiquei até bastante emocionada á medida que ia lendo estas palavras "tão bem arrumadinhas com a força do Amor" e que fazem bem de certeza a quem por aqui passa...Obrigada pela visita ao meu blog.
    Um beijinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá querida Carlinda,
      Bem-vinda a este cantinho, amiga.
      Obrigada pela visita e pelo comentário tão amável.
      Paz e luz em seus dias.
      Beijos.

      Excluir
  25. Boa tarde minha querida amiga Paraguassu. Saudades, muita saudades, ando tão ocupado apreciando as belezas quabe DEUS criou que quase não tenho tempo de entrar na net, até as postagens estão sendo feitas de 3 em 3 dias. Lindos textos, nunca havia pensado que a alma que habita o corpo físico de uma criança já viveu muito em vidas passadas e que apenas habita um corpo jovem. Foi essa alma que viveu no corpo de minha amada sobrinha e afilhada Mayara que resolveu desencarnar aos 14 aninhos, deixando uma lição de vida para nós. Um grande beijo no coração. Muita LUZ. FIQUE COM DEUS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá querido amigo Germano,
      Saudades! Há 5tempos que não nos encontrávamos, não é mesmo?
      Que bom que você está visitando meu blog. E o Bolinha, como está?
      Agradeço sua visita e seu comentário, amigo.
      Paz e luz em seus dias.
      Grande beijo.

      Excluir
  26. Amiga querida,

    que bom passar por aqui e matar a saudade de você!

    O Eduardo Aquino é muito respeitado e conhecido. O texto é fantástico!!! De emocionar!!

    Beijos minha flor e paz em seu coração de luz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Leila querida,
      Obrigada pela linda visita e pelo comentário tão amável.
      Um grande beijo, amiga.

      Excluir
  27. Amiga,o Tigrinho conquistou o concurso esconde esconde da kika.
    Oferece com muito carinho um mimo para Você que está na postagem do bloguinho do Tigre.
    Eu e o Tigrinho nos sentimos muito felizes com esta conquista e você faz parte dela.
    Beijos...
    http://myfriendbeagle.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amiguinho Tigre,
      Parabéns, querido, pela conquista.
      Fico muito feliz por você.
      Um grande beijo, amigão.

      Excluir
  28. Amiga é maravilhoso o seu recanto.
    Ele é abençoado não da nem vontade de ir embora.
    Bjs em seu coração.
    Valdete Cantu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Prof. Valdete,
      Agradeço por sua visita, querida amiga.
      Obrigada, também, pelo elogio ao blog.
      Paz e luz em seus dias.
      Grande beijo.

      Excluir
  29. Sempre achei que felicidade independe de idade... mas de saber viver os momentos bons que a vida nos oferece..

    lindo demais amiga...beijos....adorei o clima outonal....daqui a pouco estamos lá...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Zininha,
      Que prazer recebê-la em meu blog, amiga.
      Obrigada pela visita e pelo comentário.
      Tenha paz e luz em seus dias.
      Beijos.

      Excluir
  30. Olá Paraguassu

    Este texto é para ser relido, começamos a morrer no dia em que nascemos, a cada aniversário muitas pessoas não comemoram mais um dia de vida e sim, a perda dele.

    Um abraço, paz e bem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amigo Geraldo,
      Obrigada pela visita, querido.
      Um ótimo domingo e um grande beijo.

      Excluir
  31. Maria,

    O texto do Dr. Eduardo é um bálsamo. Quiséramos nós ter essa consciência! Que a paz e a serenidade nos envolva na velhice, e que a fé e a confiança nos assegure a alegria de viver, até o fim, acreditando que a morte é só uma passagem, para a eternidade...

    Beijos
    Socorro Melo

    ResponderExcluir