quinta-feira, 13 de outubro de 2011

FÉ E RELIGIÃO



“Faze o exame da própria fé:
Se nas crises da vida, quando suplicas concessões especiais, em teu benefício, a tua religião te ensina que todas as criaturas são filhas do Criador, sem que te seja lícito exigir qualquer privilégio na Criação...

Se, nas atribuições de merecimento, quando rogas favores particulares para aqueles que te desfrutam os caprichos do afeto, a tua religião te aconselha a respeitar o direito dos outros...

Se, nas invasões da mentira, diante das perturbações que se distendem por gases envenenados, quando te inclinas, naturalmente, para onde te predisponham os ventos da simpatia, a tua religião te confere a precisa força moral para aceitar a verdade...

Se, no jogo dos interesses materiais, quando tentações numerosas te induzem a trapacear, em nome da inteligência, com vantagens pessoais manifestas, a tua religião te mostra o caminho do dinheiro correto, sem afastar-se do suor no trabalho e da responsabilidade no esforço próprio...

Se, nos dias amargos de humilhações, quando o orgulho ferido te sugere desespero e revide, a tua religião te recomenda humildade e abnegação com a desculpa incondicional das ofensas e esquecimento de todo o mal...

Se, nas horas de angústia, perante a morte que paira, inevitável, sobre a fronte dos entes queridos, quando a separação temporária te impele ao desânimo e a rebeldia, a tua religião te assegura a certeza da imortalidade da alma, sustentando-te a paciência e iluminando-te as esperanças...

Se, tua religião considera a felicidade do próximo acima da tua felicidade, convertendo-se em serviço incessante no bem, sob a inspiração da justiça, a tua religião é e será sempre uma luz verdadeira para o caminho, conduzindo-te a alma, degrau de entendimento e trabalho para as Esferas Superiores.

Se te declaras em ação, na Doutrina Espírita, efetivamente, a tua religião não pode ser outra. E, se dúvidas te avassalam o pensamento em matéria de crença e conduta, preconceitos e tradições, entra no mundo de ti mesmo e indaga da própria consciência qual teria sido, entre os homens, a religião de Jesus.”



Do livro Mãos Marcadas, Emmanuel, 
Francisco Cândido Xavier.





Nesse momento, estou à cabeceira de mamãe, já velhinha e doente há quase vinte anos. A equipe médica que a trata, já tirou-nos toda a expectativa de que haja reversão para o quadro apresentado pela doença física que a acomete. Já antevejo sua partida para a espiritualidade e oro a Deus para que esta partida seja tranquila e serena, porque sei que onde ela estará, não mais sentirá as dores que tanto a fazem sofrer.

Estou tranquila e tento, na medida do possível, tranquilizar meus irmãos. Minha fé em nosso Pai é imensa e não há barreiras entre esta fé e eu. Sei que todos nós, um dia, vamos deixar este mundo, posto que somos espíritos encarcerados num corpo falível que, não obstante os cuidados que damos a ele, há um tempo em que esta maravilhosa máquina precisa descansar. Aí, estaremos livres para voltar à casa de origem.

A fé, quando verdadeira não necessita ser examinada. Acreditamos e pronto. Nossa consciência é o relicário onde reside toda a nossa história. Desta e de outras vidas pretéritas, as quais estão adormecidas em nosso subconsciente. Nos momentos mais difíceis de minha vida, fui sustentada pela fé e pela esperança. Hoje, depois de tantos problemas vencidos, não questiono o poder da fé, nem de minha religião.

Foi, através do Espiritismo, que aprendi a ser o que sou - uma pessoa realizada emocionalmente, muito mais humana do que era, mais consciente de meus atos, mais tranquila, enfim, sou alguém que pode se sentir em paz com a consciência. O mundo material não me atrai a ponto de fazer-me escrava de bens inalcançáveis. Deus reservou para mim uma vida digna e é o que me basta.

Bens materiais nos ajudam muito durante nossa estada aqui neste mundo. Mas, sabendo de sua efemeridade, não é o mais importante fator que vai nos fazer mais ou menos felizes. Há coisas muito mais importantes para nos preocuparmos. A família, a saúde, a paz de espírito, a educação dos filhos dentro e fora do lar, o trabalho, o lazer, os amigos, etc.


A fé raciocinada é aquela que, mesmo sendo um atributo abstrato no ser humano, faz-se concreto pela forma como esse ser se comporta, mostrando os verdadeiros valores morais que compõem sua conduta de vida. Somos assediados constantemente, em nosso dia a dia, por modelos de comportamento alheios à real condição de filhos de Deus em evolução.


Estes assédios são constatados através de programas de TV, revistas, cinema, livros inadequados à boa leitura, e uma diversidade de outras coisas que tanto abalam a estrutura mental das criaturas, principalmente das nossas crianças que, nem sempre bem instruídas pela família, acabam por ceder aos chamamentos do desconhecido. 


É necessário que mostremos às crianças de hoje, adultos do amanhã, o real perigo no aprendizado errôneo sobre amor, sexo e coisas do gênero, fantasiados, muitas vezes de formas grotescas e animalizadas. Somente a educação, dentro dos parâmetros corretos da vida, poderá dar o preparo condizente à moral e aos bons costumes, indispensáveis à criatura em formação.


Aí entra, também, a religiosidade. São nestes momentos que se firma o caráter, a bondade e o amor no coração daquele pequeno ser que caminha para o crescimento sadio, tornando-se no futuro, um adulto com bases sólidas em seus pensamentos e ações perante a vida. O equilíbrio emocional é fator importante para a construção de uma mente sadia e de um coração amoroso.


Que nossos mentores espirituais nos abençoem e nos mostrem o melhor caminho a seguir nesta jornada que ora fazemos no mundo. Que nos dêem
luz, amor, compreensão e caridade para que possamos distribuir a nossos irmãos.


Que assim seja!
  





30 comentários:

  1. Minha querida!
    Amo ler suas postagens cheias de amor e verdades. Domingo que passou pensei muito em ti.Assisti o filme NOSSO LAR(vida de André Luiz)
    Abraços e um dia abençoado.

    ResponderExcluir
  2. Oi Paraguassu,

    Texto reflexivo. Nunca duvidei que a fé abre as portas que estão além de nossas próprias chaves.

    Uma ótima 5ª feira para você!

    ResponderExcluir
  3. Cumprimentos.
    Um abraço de Portugal.

    Passei a seguir seu blogue.
    Sou curiosa por tudo quanto respeita à fé,que infelismente deixei de ter,sem motivo.
    Admiro e "invejo" os crentes.
    Leio tudo acerca, ainda ando à procura...
    Beijinho da Dília Maria.

    ResponderExcluir
  4. Lindo texto e para uma boa reflexão,suas postagens trazem sempre muita sabedoria.

    ABRAÇO CARINHOSO E FRATERNAL ...


    GIOVANA

    ResponderExcluir
  5. Ola flor tem selinho pra vc no meu blog
    Bjokasssssss

    ResponderExcluir
  6. Que bom que tens fé!!!
    Eu tenho também, muita fé na vida que tudo dá e também tira para o nosso bem, somente para o nosso bem!
    Mesmo sem religião me sinto agradecida pela vida e isso me fortalece e me dá ânimo e alegria, muita alegria!!!
    Abraços e beijos em seu coração!
    Ivone poemas
    henristo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Ah, espero que tudo corra bem e que com essa fé superarás, com sua familia essa fase difícil em relação a sua mamãe, pois a vida é eterna, creio nisso como espiritualista e é só ter fé, tudo ficará bem!
    Abraços e beijos em seu coração!!!
    Ivone

    ResponderExcluir
  8. Um texto, que convida a todos á reflexão. Que cada um, faça a sua.
    Adorei, abraços e felicidades, sempre

    ResponderExcluir
  9. Paraguassu, só hoje "oficializei" minha participação no seu maravilhoso blog. Andei viajando e com pouco tempo para as andanças.
    Da Cadeirinha de Arruar, saio pouco.
    Mas vim. Aqui estou, e digo-lhe que esse texto é muito profundo e requer grande reflexão, para mim.
    Não professo a Doutrina Espírita, mas tenho grandes amigos que o fazem. Além de eu ser sobrinha-bisneta de uma das grandes figuras do espiritismo: Bezerra de Menezes.
    Vir aqui, certamente, é vir buscar Paz.

    Eu vou, mas volto, amiga
    Um fraterno abraço

    ResponderExcluir
  10. Sei o quanto é forte e grande sua fé, pois conforta a todos com suas preciosas palavras. Eu só queria deixar um abraço amigo, e que DEUS na sua infinita bondade mantenha sua força e fé intactas nesse momento delicado da sua vida, também a todos da família.

    ResponderExcluir
  11. Bom dia Paraguassu

    É muito bom saber que na internet não existe só porcaria, muito bom este seu texto. Obrigado por comentar no meu blog.

    Um abraço,paz e bem

    ResponderExcluir
  12. Dois sentimentos complexos que vem sofrendo uma constante degradação a cada tempo.
    O homem é posto a prova a todo instante mas com a degeneração de tantos valores custa a recuperar o caminho da retidão.
    Sua postagem é sempre muito esclarecedora e nos reafirma na busca pelo AMOR e na recuperação destes sentimentos.
    Abraços, minha querida

    ResponderExcluir
  13. Bom dia querida, seu texto é muito verdadeiro e inspirador. Estamos aqui de passagem. Devemos viver bem fazendo o bem. Luz para vc e sua família. Que Deus abençoe sua mãezinha, e com certeza os espíritos de luz de Maria estão cuidando dela. Bj grande e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  14. Olá amiga querida,

    a fé...

    essa avassaladora heroína de nossos dias
    que nos leva a enfrentar
    a dor, a cruz, o peso e a luta
    e fez com que acreditemos
    que ainda assim
    estar aqui é glorioso!

    Beijos amiga

    O seu blog é um momento de paz no coração dos que te visitam!

    Abraços

    ResponderExcluir
  15. Olá, nem sempre consigo chegar aqui e na maioria das vezes leio mas não comento. Hoje parei e me fez um bem enorme suas palavras. De resto... um abraço apertado!
    Jussara

    ResponderExcluir
  16. Mais um instante de paz ao ler a sua postagem
    Desejo pronta recuperação a sua mãe.Estou orando com você. Eu já não tenho a minha mãe, mas tenho
    comigo a lembrança do que ela foi para mim.

    Muita paz e muita luz

    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Oi, amiga
    Lindo texto que vem esclarecer e fazer refletir.
    Um lindo final de semana para você.
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Em momento tão delicado, delicadeza em cada palavra escrita!
    Obrigado por compartilhar.

    ResponderExcluir
  19. Oscar Herlinger disse:

    Querida irmã!
    Obrigado pela contribuição costumeira. Estas linhas que escreve são provas de fraternidade e sinto alegria em poder contar com sábias palavras.
    Que Deus ampare seu lar e seu familiares.
    Oscar

    ResponderExcluir
  20. vc posta uns textos, q são ótimos para refletir né?
    E como não poderia ser diferente, eu adoreii esse tbm,!


    beijocas

    E um ótimo find!

    ResponderExcluir
  21. Maria querida,

    Obrigada anjo querido por palavras tão cheias de alento num momento em que passa pela despedida de sua mãe. Sua fé e saber que ela vai se livrar de dores físicas depois de tanto tempo confortam você como me confortaram, mas a saudade existirá. A saudade maior que pode existir, a de não poder encontrar quem você ama. Muita energia positiva para sofrer essa saudade, mais difícil no início. Muita paz para sua mãe.
    É muito bom ler você.
    Girassóis estejam nos seus dias. Beijos.

    ResponderExcluir
  22. Mensagem riquíssima.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  23. Amei esse texto.
    Amei a suavidade , a leveza com que sentia cada linha ao lê-las.
    Acreditar é crer naquele que nos enviou , mesmo sem nunca ter olhado em seus olhos, acariciado seu rosto.
    Ter fé é tudo que nos faz subir montes , caminhar no amor, amar.
    Deus maravilhoso que é , não iria criar o homem apenas para uma breve passagem.
    Ele criou o homem para a eternidade.

    Beijinho querida.

    ResponderExcluir
  24. Não se permita entristecer,
    por nada nesse Domingo.
    Mostre a todos o valor do seu sorriso
    aproveite esse Dia para ser feliz
    Faça chuva ou Sol estarei sempre aqui ara dizer
    que te amo.
    Um lindo e feliz Domingo.
    Beijos no coração.
    Evanir

    ResponderExcluir
  25. Oi Maria!!! O que posso desejar é muita Paz e muta Luz pra vc, sua mãe e toda sua família!!!Quero te pedir, se possível, uma correente de oração pra mim. Estou com sérios problemas pessoais, sofrendo muito, coração doendo d+!! Meu nome completo é Valéria Gama Rezende e moro em Belo Horizonte. Abraços já agradecidos!!!

    ResponderExcluir
  26. Boa tarde, querida!

    Receita de Paz

    Ora com mais confiança em Deus.
    Trabalha um tanto mais.
    Serve com mais alegria.
    Age mais caridosamente.
    Desculpa as faltas alheias com mais compaixão pelos ofensores.
    Usa mais calma, particularmente nas horas difíceis.
    Tolera, com mais paciência, as situações desagradáveis.
    Coloca mais gentileza no trato pessoal.
    Emprega mais serenidade na travessia de qualquer provação.
    E, assim, com a benção de Deus, encontrarás mais segurança e paz, nas estradas do tempo, garantindo-te o êxito preciso nos deveres de cada dia, a caminho da vida maior.
    (Emmanuel-Chico Xavier)

    Um abraço carinhoso e que a semana que se inicia lhe seja repleta de bênçãos!

    A paz esteja contigo

    http://hajalluz.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  27. olá Maria, obrigado pela visita eu sempre dou uma passadinha aqui, me falta tempo para visitar os blogs que eu gosto. Mesmo sabendo das dívidas das pessoas,não gosto de ver ninguém sofrer ainda mais por espíritos inferiores (maus). Cabe a Deus fazer justiça.

    Um abraço do amigo Tadeu.

    ResponderExcluir
  28. Teu relato comovedor frente à tristeza e revelador frente à tua fé, ensina, orienta com palavras claras a enorme importância da auto-crítica sobre o mundo atual e as posturas dignas que os seres humanos devem ter para serem partícipes na Iluminação de toda Humanidade.
    Rogo paz e bem p/ tua mãe e p/ vc e os teus.
    Obrigada pela visita gentil.
    Bjos,
    Calu

    ResponderExcluir