quarta-feira, 22 de agosto de 2012

O MERGULHO EM SI MESMO




“Para alcançar uma esfera mais alta de consciência, precisamos mergulhar profundamente em nosso interior e renascer libertos dos medos, dúvidas, vícios e conflitos.

Meus amigos, não esperem a morte chegar para desenfaixá-los da carne.
Comecem imediatamente um processo interno de profunda renovação consciencial.
Morrer não significa crescer!  Viver é crescer.
A morte apenas faz o espírito mudar de endereço vibracional.
A pessoa é a mesma, com suas virtudes e defeitos, seja dentro ou fora do corpo, em qualquer dimensão.

Não tenham medo de mergulhar em si mesmos e escalpelar o próprio ego.  Rasguem a pele do medo, nas trilhas do discernimento!  Contudo, não se enganem. Há dor nesse processo.
Não é fácil, mas é factível a quem quer crescer municiado de plena luz interior.
O mergulho em si mesmo é uma espécie de morte: a morte do ser velho e seu renascimento constante.

Se vocês padecem do medo da dor de crescer e olhar objetivamente a si mesmos, então pensem nas dores que já lhes acompanham tão frequentemente: violência íntima,
medo, vazio existencial, falta de motivação, falta de espiritualidade e uma terrível treva espiritual, envolvendo suas melhores aspirações.
Façam uma medição na balança de seus corações e observem o que dói mais: crescer ou ser súdito da agonia do vazio consciencial?  O que dói mais:
Ser medíocre e desconhecido de si mesmo ou lutar para evoluir e seguir?
 O que dá mais trabalho:
 Manter vícios que custam tanto ou lutar para vencê-los?
Quais são seus objetivos vitais:
Agonia íntima ou crescimento consciencial?

Vocês esperarão a morte sendo súditos da inércia?
Ou aumentarão a motivação de viver e aprender? 
Quando esse ser velho e medroso será cremado no fogo do discernimento?
Quando será o funeral de suas dores íntimas?
Quando a fagulha divina que já mora em seus corações há de brilhar mais?

Renasçam a cada instante!
Presenteiem suas vidas com uma nova luz nos pensamentos e sentimentos.
Promovam aquela alquimia íntima: ser antigo, fora!  Ser renovado, agora!
Quem poderá crescer por vocês?
Quem irá pôr fim à dor de vocês?
Que salvador poderá evoluir por vocês?
Quem poderá digerir essas toneladas de mágoas?
Quem promoverá o apocalipse do ego dentro do calendário da própria alma?
Quem liquidará o asteróide do medo no planeta de seus corações?

Mergulhando em si mesmos, sem medo, sem trevas, vocês encontrarão dores, sim. Mas qual renascimento é isento de dor?
Pior já é a dor de sentir-se um estranho no próprio mundo íntimo.
Usem a água da espiritualidade e o remédio da sabedoria para lavar os sofrimentos e curar as feridas internas. Usem o antiácido da alegria e curem as úlceras emocionais. Agradeçam as dores do parto de um ser divino dentro de vocês. É a dor de um mestre nascendo!

Há um menino Jesus, um menino Krishna e a paz do Buda nascendo no menino-coração de cada um de vocês.
Confraternizem mais, sorriam sem medo!
Ninguém morre vítima da morte, que apenas devolve a consciência à sua casa celestial.
Mas é possível morrer em vida, de agonia e falta de lucidez .
É possível ser um cadáver vivo: basta sentir-se vazio, sem alma, murcho de alegrias e renovações.

Meus amigos, cremem o ego e renasçam das cinzas.
Façam uma fogueira de seus medos.
Depois, joguem as cinzas ao vento da vida e gritem bem alto:
"Meus medos já eram!
Só tem luz em meu coração!
Sou divino e há um sol interno despertando na aurora de minha vida!"
Não esperem a morte para morrer só de corpo.
Aliem-se à vida para que morram seus dramas e seus egos.
Que esses escritos possam matar suas dores de vazio espiritual, e que possam enchê-los de vida, de luz e de um grande amor.
Que Deus abençoe seus renascimentos!"



                                Wagner Borges



12 comentários:

  1. .



    Hoje é dia 23 e como todos os
    dias 23 eu posto no Blog do Bar
    do Escritor, gostaria muito que
    tu lesses o meu texto e lá dis-
    sesses um alô, para mim. Por
    isso eu te convido a entender
    o porquê das pessoas chorarem
    por quem já foi linda e hoje
    luta desesperadamente para não
    se perder da lembrança dos que
    um dia a ela se renderam.

    Espero por ti, com flores da
    serra para um bom-dia.

    http://bardoescritor.blogspot.com

    silvioafonso







    .

    ResponderExcluir
  2. OI PARAGUASSU!
    UM TEXTO, QUE AO COMEÇARMOS A LÊ-LO, NÃO SE PODE AVALIAR A INTENSIDADE E VERDADE DOS ENSINAMENTOS QUE TRÁS.
    QUANTO MAIS TENTAMOS NOS MODIFICAR DENTRO DOS ENSINAMENTOS, MAIS FELIZES NOS TORNAMOS E FICAMOS, SEDENTOS DE PAZ E DE HARMONIA A NOSSO REDOR E AUTOMATICAMENTE,AS MUDANÇAS OCORREM, PENSAMOS QUE QUEM NOS CERCA MUDOU, MAS, A VERDADE É QUE MUDAMOS NÓS E COM ISSO CRIAMOS UM NOVO MODO DE VIDA, INFLUENCIANDO QUEM NOS CERCA.
    LINDEZA DE TEXTO AMIGA.
    ABRÇS

    zilanicelia.blogspot.com.br/
    Click AQUI

    ResponderExcluir
  3. Olá, querida Paraguassu
    As flores do nosso canteiro interior precisam exalar um perfume de agradável odor... Renascer para viver com qualidade de vida...
    Obrigada pelo carinho imenso na Série Comemorativa do meu Blog pelos 3 anos de existência...
    Deus te cubra de MUITAS bênçãos e te faça MUITO feliz!!!
    Bjs festivos de paz

    ResponderExcluir
  4. Que texto impressionante pela força persuasiva que possuí! ao mesmo tempo pleno de incentivo à alegria de viver e de se renovar na esperança de usufruir o que ela possuí de mais dignificante.Obrigada. Um abraço

    ResponderExcluir
  5. Olá Maria,

    Grata por sua visita e comentário em meu blog.

    De vez em quando, lá "dá um ar da sua graça", né? Montes de afazeres, deduzo, sobretudo interiores.
    O texto de Wagner Borges é bastante interessante no conteúdo,e na forma, tal como as ideias nele apresentadas (os snow flakes estão "invadindo" minhas palavras e seu blog. Efeito leve, é verdade, mas a mim me perturba um pouco, não só a minha escrita, tal como a leitura o texto postado. Ninguém lhe diria isso, pois não, mas eu sou muito sincera. Tudo se pode dizer com correção e de forma civilizada. Só cá vem comentar, quem quer e a dona do blog é você).
    Voltando ao texto, eu acho ele aprazível, lindo, mas muito teórico. Ninguém ou poucas pessaos se conseguem "desembrulhar" na totalidade de seus pequenos "fantasmas", se renovar, a menos que sejam néscios, tolos ou inconscientes.
    Independentemente do credo em que se acredite, essa atitude, é super difícil. Não é impossível, mas muito difícil.
    Talvez aqueles que deixam suas famílias, bens materiais, bem estar e conforto e se deslocam para zonas inóspitas, sem condições mínimas de vida e vão ajudar doentes, pobres e carenciados de tudo, talvez esses, façam o tal mergulho.
    Eu, mesmo amando meu semelhante, sendo católica, não deixaria o conforto de minha casa, meus bens, poucos ou muitos e a companhia de minha família para viver em zonas, onde nada há, nem água, que se tem de ir buscar a quilómetros de distância. EU NÃO DEIXARIA.

    QUE DEUS ME PERDOE, LHE PEÇO, MAS ESTOU FALANDO AQUILO QUE SINTO.

    Olhando sua foto, tão bem produzida, tão bem maquilada, toda você é aprumo e beleza, você trocaria tudo isso, aspeto físico, famíla, amigos, etc, para ir ajudar quem tanto precisa?
    Ajudar de longe, eu faço, enviando roupa e comida, mas é de LONGE. Perto está quem já conseguiu fazer o "TAL MERGULHO", como Madre Teresa de Calcutá, por exemplo.

    E pensando no seu país, PÁTRIA, QUE TANTO AMA, como é natural, enorme, cheio de contrastes absurdos, favelas, por tudo quanto é sítio, então essas pessoas não são ajudadas, ensinadas a fazer o "TAL MERGULHO"?
    Difícil, quase impossível, não é? As pessoas não querem mudar. PRAIA, CALÇADÃO E CARNAVAL, e está feito o triângulo perfeito, pra muita gente, infelizmente.

    Foi o Brasil, que sempre recebeu os Portugueses desde o tempo da Monarquia até hoje, eu sei, pelas mais diversas causas, mas também Portugal, há uns anos, e mesmo sendo um país pequeno e sem grandes recursos, abriu as portas aos milhares de Brasileiros, que para cá vieram e cá se encontram, e alguns deles afirmam: voltaremos ao Brasil pra visitar nossa família, porque a qualidade e a segurança que há aqui, nos leva a ficar para sempre, em Portugal.

    Tenha um excelente e divino dia.
    Beijos da Luz.

    ResponderExcluir
  6. Oh, Maria! como é bom o momento de vir para cá! ainda li esse texto ouvindo a música que está lá no meu blog... voce precisa ver como foi lindo... senti um êxtase na alma profundo...

    Amiga querida, voce é divina... suas escolhas dos textos são sempre extremamente belas, profundas, doces, amorosas, suaves...
    Encontrar seu blog foi um grande presente de Deus... voce nem imagina como cresci aqui com voce... em consciência, em beleza de alma, em humildade...

    Maria, doce e bela...
    Um beijo, amiga tão querida...

    ResponderExcluir
  7. Amiga Paraguassu, que texto lindo e profundo! Fico aqui pensando em como gostamos de viajar, planejamos, arrumamos as malas, muitos dias de preparação...Mas quando é um viagem para dentro de nós mesmos...ficamos adiando, adiando e quando nos damos conta o tempo passou! Esse "megulho em nós mesmos" quando daremos? Ou já mergulhamos?

    "Quando a fagulha divina que já mora em seus corações há de brilhar mais?"

    Belíssima reflexão!
    Um abençoado final de semana! Abraços!

    ResponderExcluir
  8. Minha flor Maria!!!!
    Hoje, passeando para visitar meus blogs amigos!!!! E não podia deixar de vir aqui!!!!
    Deixo um beijo grande!!
    vou levar para o face um parágrafo!!!
    (ainda bem que tenho você por lá, afinal meu blog e eu não estamos num relacionamento explicito rsrs)
    Beijos minha querida!!!!!!!

    ResponderExcluir
  9. Adoro ler essas mensagens e creio em tudo o que escreveste.

    O nosso Eu* verdadeiro¨¨o espírito não morre.
    A morte não me dá medo...Sei e já tive a sensação de morrer em vida, "triste.
    Coisas tão verdadeiras que li aqui "guardarei comigo, esteja certa.
    És um ser de muita luz, abençoada por Deus.
    Obrigada por partilhares tudo o que sabes conosco. Valeu muito te ler hoje "tarde de domingo.
    Uma excelente semana pra ti. Beijo

    ResponderExcluir
  10. Oi Maria, vim lhe desejar uma linda semaa, bj

    ResponderExcluir
  11. BOM DIA QUERIDA IRMÃ E AMIGA DE ALMA LINDO TEXTO PARA UMA REFLEXÃO PROFUNDA QUE DEVEMOS FAZER CONSTANTE MENTE NOS CONCIENTIZANDO SEMPRE QUE A MORTE EM NADA VAI MUDAR AS COISAS E OS ATOS COMETIDOS OS FEITOS E OS NÃO FEITOS DEIXAREMOS APENAS AS ROUPAGENS VELHAS DA MATÉRIA
    PARA QUE DIANTE DE DEUS POSSAMOS PRESTAR CONTAS DE NOSSOS ATOS
    PARA QUE POSSAMOS DIANTE DE DEUS UM GRANDE ABRAÇO QUERIDA DEUS A ABENÇOE SEMPRE BJS MARLENE

    ResponderExcluir
  12. Querida Paraguassu

    Como é bom vir aqui.
    Me faz renascer em cada palavra que colocas. Me faz ter a certeza que mais do que nunca precisamos da sabedoria de Cristo , a paz de Buda unirmos as forças para reverter todas as dificuldades por que estamos passando.
    Você é uma benção divina que compartilha nesta blogosfera.

    Um lindo dia para você
    Bjs

    ResponderExcluir